Por uma Pedagogia Mundial da Positividade De forma rimada, o Professor Francisco mostra como a história da Língua está do lado da positividade.

Escrito por: Francisco Gomes de Matos
Muito triste perceber que, em muitos lugares, cresce a negatividade

Para combatê-la eficazmente precisamos fortalecer a positividade

Um exemplo: Antes do adjetivo NEGATIVE fazer sua estréia no inglês escrito
O antônimo POSITIVE já ajudava os usuários do idioma a iluminar o que era dito

(positive: a partir de 1250; negative, a partir de 1350)

Antes do conceito de PESSIMISM em inglês escrito aparecer
OPTIMISM já contribuia para a qualidade  da interação crescer

(optimism: a partir de 1730); pessimism: a partir de 1785)

Antes de, em inglês, as pessoas usarem um verbo com sentido de negar
Em seu vocabulário já estava disponível um verbo positivo, isto é, afirmar

(to affirm: a partir de 1300; to negate, a partir de 1615)

Em uma Pedagogia Mundial da Positividade,

haverá meios de ajudar pessoas de qualquer idade? Como?

Ajudando as pessoas a se tornarem cidadã(o)s otimistas

e a evitar percepções, crenças, ações e reações pessimistas

Aumentando  o número de ISMOs positivos em todo o mundo

neutralizando todo tipo de ISMO que do mal seja oriundo

Uma Pedagogia Mundial da Positividade poderá ensinar interculturalmente a bem conviver

afirmando os direitos e deveres planetários para que toda pessoa dignamente possa viver

Que nesta época de crescente, perturbadora, e destrutiva negatividade

A Educação para a Positividade Mundial dê à Vida mais sustentabilidade

positividade