Universidade dos Estados Unidos oferece graduação gratuita Com um modelo de inovação social, a University of People cobra apenas taxas de manutenção ($100 por semestre) e oferece diploma internacional.

Escrito por: Guilherme Carvalho

universityJá é possível estudar numa universidade americana de graça! Graduação gratuita ! Para isso, precisa apenas ter acesso a Internet, ter mais de 18 anos, ser proficiente no inglês, ter completado o ensino médio, e ser aprovado num simples processo de admissão. A University of People (UoPeople), ou Universidade das Pessoas, acredita que o acesso ao ensino superior é um fator fundamental para a paz mundial e o desenvolvimento econômico global. Ela defende o ensino superior como um direito básico e acredita que isso pode transformar a vida dos indivíduos e ser uma importante força para mudança na sociedade. Com a missão de oferecer programas educacionais com diplomas de graduação de qualidade e online, a UoPeople tem os seguintes objetivos:

  • Oferecer oportunidade de ensino superior para estudantes de várias origens a partir da Internet, de custos baixos, ajudas financeiras, e alcançando países carentes.
  • Oferecer programas de qualidade que mantenham o alto padrão acadêmico, estimulem o pensamento crítico, comunicação e comprometimento com aprendizagem de longo prazo, focando em competências e habilidades necessárias para ter sucesso numa economiza global.
  • Oferecer aos estudantes serviços que contribuam para alcançarem os objetivos educacionais.
  • Apoiar estudantes no desenvolvimento, avaliação e implementação de planos e decisões voltadas para empregabilidade.
  • Garantir a estabilidade e  crescimento institucional  ao utilizar voluntários para trabalhos de liderança, acadêmicos e administrativos.

A UoPeople tem grandes parceiros acadêmicos como a New York University e Yale, além de múltiplos parceiros corporativos e doadores que favorecem a sustentabilidade da instituição. A Universidade já admitiu mais de 2.000 alunos de mais de 150 países até o momento. A expectativa é de que esse número chegue a 5.000 em 2016. Aproximadamente 30% desses estudantes são da Africa e 25% dos Estados Unidos. Os estudantes pagam uma taxa de $0 a $50 para aplicar para a Universidade, dependendo do país de origem. Também, é cobrada uma taxa de aproximadamente $100 por exame para supervisão e processamento. Por outro lado, essas taxas podem ser reduzidas a zero por meio de vários programas de bolsas para pessoas que precisem. As disciplinas na escola duram 10 semanas com 20 a 30 estudantes (normalmente de países diferentes) que recebem tarefas de casa semanalmente. Segundo Mr. Reshef, empreendedor responsável pela Universidade, afirma que tem uma fila de 3.000 professores interessados em participar do projeto, mas atualmente precisou de apenas 100 deles. Veja abaixo o TED Talk em que Shai Reshef fala sobre este projeto.